Português BR Deutsch English Espanhol
Noticias

CEIVAP apoia a pesca esportiva no rio Paraíba do Sul


Foto:


O Comitê de Integração da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul (CEIVAP) marcou presença no I Torneio de Pesca ao Robalo, realizado em Campos dos Goytacazes (RJ), entre os dias 9 e 10 de junho. Representando por João Gomes de Siqueira, também presidente do Comitê Baixo Paraíba do Sul e Itabapoana, o CEIVAP ganhou espaço durante a cerimônia de abertura do evento para expor seus projetos e ressaltar a importância da conscientização acerca da pesca sustentável. Promovido pela ONG Ecoanzol, o torneio teve como objetivo principal promover a pesca esportiva associada à conservação do meio ambiente na bacia.

Durante a sua apresentação, João Gomes mencionou a parceria de longa data com a Ecoanzol e a importância dos comitês da bacia estarem integrados em atividades que impulsionem a educação ambiental e o pensamento sustentável. “Um evento como o torneio de pesca desperta a população para preservação do rio Paraíba e de sua ictiofauna. O esgoto é despejado in natura no rio e, ainda assim, ele nos devolve vida, como os peixes”, destacou.

Cerca de 84 atletas da pesca esportiva, de vários municípios do Estado do Rio de Janeiro, participaram do torneio, que ocorreu das 8 às 16 horas do dia 10 de junho, com saída do Cais da Lapa, em Campos dos Goytacazes. Foram capturados 15 robalos, de 35 a 75 cm, atendendo as exigências do Ibama. O torneio teve a chancela da Federação de Pesca e Lançamento do Estado do Rio de Janeiro (Fepelerj) e da Confederação Brasileira de Pesca e Lançamento-Nova Pesca Brasil (CBPL-NPB).

A diretora da Ecoanzol, Luiza Salles, destacou o evento como um marco ao incentivo de transformar o turismo da pesca em um produto, fomentando a preservação da bacia do rio Paraíba do Sul. “O rio Paraíba é palco de toda a vida da nossa região. Precisamos consolidar a política de mobilização e conscientização ambiental e avançar nesse propósito que é promover a sustentabilidade da bacia. Para isso, contamos principalmente com os comitês de bacia”, ponderou.

Além do torneio, a programação foi composta por palestras, atividades de educação ambiental, espaço para alimentação com culinária local, exposição de produtos artesanais e um local reservado no qual ocorreram encontros institucionais e apresentações culturais.


Outras Notícias

Mais Notícias »